Chatbot para lojas de roupa: veja como facilitar as vendas

Chatbot para lojas de roupa

A história da moda se mistura com a história do mundo. O uso de roupas está associado à necessidade do ser humano de se proteger do frio, da chuva e do calor. Mas as roupas se tornaram muito mais do que isso. Porém, não é por ser um mercado “antigo” que esse setor deve ser obsoleto, pelo contrário, sua evolução precisa ser constante e os chatbots para lojas de roupa têm tudo a ver com esse processo.

Estima-se que o mercado de vestuário e acessórios, no Brasil, segundo a Mercado e Consumo, é um dos maiores do mundo. De acordo com artigo “são mais de 1 milhão de negócios em atividade e formalizados, representando 5,53% de todas as empresas ativas do país”.  

Diante disso, é seguro afirmar que grande parte da movimentação monetária brasileira está associada a esse tipo de atividade, levando em conta ainda, os trabalhadores envolvidos nesse universo: desde o cultivo de algodão até os guarda-roupas de cada brasileiro.

A importância desse setor é incontestável. E, nesta leitura, você vai entender como esse setor pode (e deve) se adequar à realidade de comportamento de compra das pessoas e como os chatbots podem contribuir para aumentar as vendas de lojas de moda.

Tecnologias para lojas de moda

Assim como em qualquer segmento de mercado, evoluir é fundamental. E isso significa que é preciso se adaptar aos novos hábitos de compra dos consumidores.

Na maioria das vezes, a tecnologia é um fator essencial neste processo de evolução e adaptabilidade, pensando nas diferentes formas de consumo que surgem na sociedade.

As compras online, por exemplo, é uma maneira de consumir serviços e produtos que se popularizou na medida em que os meios digitais evoluíram.

E isso não quer dizer que as pessoas compram apenas em sites oficiais das marcas, pelo contrário, os consumidores têm aderido às redes sociais, apps de compra online e aplicativos de compartilhamento de mensagens também.

O próprio WhatsApp, hoje, é uma ferramenta digital que tem potencializado as vendas online de diversas empresas, inclusive aquelas que possuem lojas físicas, como é o caso da maioria das lojas de roupas. 

O WhatsApp, em sua versão para negócios, disponibiliza ferramentas como: perfil comercial com dados da empresa (e-mail, endereço e site), envio de mensagem automática de saudação, etiquetas para classificação de clientes, criação de catálogo com produtos e preços, todas elas, criadas para atender especificamente às necessidades das marcas. 

E não apenas o WhatsApp, vários outros aplicativos de conversação e redes sociais se mostraram promissores no que diz respeito à compra pela internet.

Chatbots

Como citado acima, a prática de compras online faz parte da vida do consumidor e a principal forma de interação dos consumidores nesse ambiente é por meio de mensagens.

Portanto, as empresas precisam acompanhar essa tendência e estar presentes nesse meio, seja com a utilização do WhatsApp ou por qualquer outro meio de conversação.  

E os chatbots foram criados para que essa interação aconteça de forma personalizada, automatizada e eficiente

Chatbot, como o nome já sugere, é um robô que conduz uma conversa via chat. Ou seja, uma ferramenta que, de forma automatizada, responde a usuários, clientes e quaisquer pessoas que interajam com a sua marca, automaticamente. Eles podem ser integrados com sites, aplicativos de conversação como Facebook Messenger, WhatsApp, Telegram etc.

Ter um chatbot para loja de roupas é algo que pode trazer diversos benefícios, pois é uma ferramenta diretamente relacionada ao atendimento – questão importantíssima quando se trata de venda de roupas.

Benefícios do chatbot para lojas de roupa

O funcionamento de uma loja de roupas é bastante complexo e certamente, um artigo não seria suficiente para citar todas as necessidades que esse setor apresenta.

Mas um chatbot para loja de moda pode ser um grande parceiro para agregar-se a alguns desses processos e torná-los mais simples, mais rápidos e otimizados.

Chatbot para loja de roupas

Atendimento

Quando se trata de vender roupas, sabemos que o atendimento é um dos principais aspectos que precisa ser bem feito. 

Segundo análise da Zendesk7 em cada 10 consumidores dizem que pagariam mais caro para fazer negócios com uma empresa que oferece um ótimo serviço de atendimento” e de acordo com artigo do Globo.com 61 % dos consumidores afirmam que ser bem atendido é mais importante do que o preço ou a qualidade dos produtos”. 

Diante disso, podemos afirmar que o atendimento é uma prioridade para o consumidor. E um chatbot para lojas de roupas pode proporcionar um atendimento personalizado, disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana, incluindo finais de semana e feriados.

Isso significa que o seu cliente sempre terá uma resposta instantânea e útil sempre que ele entrar em contato com a sua empresa, mesmo fora do horário comercial. 

Segmentação dos clientes

Outro benefício de se ter um chatbot para lojas de moda é a possibilidade de segmentar os seus clientes. Com esse recurso, cada cliente pode ser identificado e classificado com relação a:

  • Sexo;
  • Idade;
  • Tamanho das peças;
  • Região que mora.

Além disso, em pesquisa da Microsoft, “72% (dos consumidores) esperam que os atendentes conheçam seu histórico com a empresa (como contatos, compras, suporte oferecido)”.

Com um chatbot, as informações que foram coletadas em uma conversa ficam armazenadas, ou seja, quando esse mesmo cliente entrar em contato novamente com a sua empresa, o chatbot já terá um histórico de dados, os quais podem ser usados para tornar o atendimento mais dinâmico e satisfatório.

Chatbots no processo de vendas

O processo de vendas de cada empresa pode variar de acordo com as necessidades e objetivos de cada loja. Porém, existe uma jornada padrão, que sugere 5 passos básicos de um processo de vendas e em cada um deles um chatbot pode fazer toda a diferença.

Prospecção

Essa é a primeira fase de um funil de vendas convencional, o momento da coleta de dados de um lead.

É comum que esses dados sejam coletados por meio de um formulário, em troca de um material rico como um e-book sobre moda ou um mini curso sobre como se vestir em determinada ocasião, por exemplo. 

Mas um chatbot também pode ser esse instrumento de captação de dados. Ao invés de um formulário, essas informações podem ser adquiridas por meio de uma conversa via bot, oferecendo os mesmos materiais.

E essa estratégia pode ser ainda mais eficaz, porque em um bate-papo é possível que informações mais pessoais sejam cedidas e assim, aquele lead pode ser melhor qualificado.

Abordagem e apresentação

Em uma loja de roupas, a abordagem e apresentação pode acontecer naquele momento de apresentar uma nova coleção ou as novas roupas da estação.

Essa é mais uma tarefa que pode ser feita por meio de um chatbot, de forma contextualizada, levando em consideração as características daquele possível cliente. 

Quando ele se mostra interessado em sua marca, provavelmente ele vai perguntar mais a respeito dos seus produtos e sabemos que quanto mais rápido respondemos às perguntas, maior é a chance de compra.

Portanto, imagine que um lead entra em contato com sua empresa fora do horário comercial ou em algum feriado, se você conta apenas com um profissional de atendimento, pode ser que essa resposta demore a chegar. 

Porém, se você tem um chatbot pronto para responder essa solicitação, esse contato será respondido instantaneamente, aumentando as chances de fechamento daquela venda. 

Negociação e Fechamento

No momento da negociação, um chatbot também pode auxiliar esclarecendo dúvidas sobre preços, tamanhos e cores disponíveis, lojas próximas, frete e todas as informações referentes a esse tipo de compra. 

Também é possível finalizar essa compra via chat, sem que o seu cliente precise ir até a loja, fazendo o envio de um link de pagamento, por exemplo. Com isso, a compra fica mais fácil e é efetuada em um só lugar.

Pós-venda

Os chatbot para lojas de roupa também atuam com muita competência na fase de pós-venda. Porque existe uma facilidade maior em acessar a opinião do seu cliente por meio de uma conversa. E neste momento, cria-se uma liberdade maior para interagir e manter um contato mais próximo com o consumidor.

Dessa forma, também é mais simples de oferecer, por exemplo, promoções que podem ser de interesse daquele cliente, novidades ou apenas presenteá-lo em datas especiais. Todas as estratégias de pós-vendas, que levam à fidelização e recompra são facilmente adaptadas para essa interação automatizada. 

Vale a pena aderir ao uso de chatbot

O uso de chatbots para lojas de moda traz muitas facilidades, tanto para o consumidor como para a loja que adere a esse serviço. Conversar com o seu cliente permite que você conheça melhor o seu público e essa é uma oportunidade poderosa para quem trabalha com a venda de roupas. 

Grandes marcas já estão usando chatbot para lojas de roupa em suas estratégias de vendas. A C&A, por exemplo, lançou, em outubro de 2020, um assistente virtual cuja função é sugerir para os seus clientes roupas, acessórios e calçados de acordo com a procura e demonstração de interesse no site. 

Uma ação descomplicada, direta e até mesmo simples, mas que causa um grande impacto nas vendas dos produtos oferecidos. Por isso, vale a pena incluir  para auxiliar nas vendas chatbot para lojas de roupa.

Gostou de conferir um pouco mais sobre chatbot para lojas de roupa? Saiba como revolucionar o seu comércio virtual hoje mesmo, com uma empresa reconhecida internacionalmente por desenvolvimento de chatbots. Converse com um consultor Take Blip!

Take Blip

Take Blip

Take Blip acredita no poder das conversas para mudar o mundo! Oferecemos soluções conversacionais e somos parceiros de grandes empresas. Trabalhamos unindo o melhor em tecnologia e conhecimento humano, sempre absorvendo, antecipando e criando tendências. 🚀

Receba conteúdos como este em seu e-mail!

Sumário

Escolhas do Editor

Os mais lidos da Categoria