Chatbots e marketing conversacional: como funciona?

Capa de chatbots e marketing conversacional
Saiba como chatbots e marketing conversacional podem ser o primeiro passo rumo ao atendimento ao cliente de qualidade.

Chatbots e marketing conversacional formam uma poderosa ferramenta para otimizar e melhorar a comunicação entre marcas e clientes. Afinal, a praticidade de resolver problemas e tirar dúvidas por mensagem aumenta a eficiência operacional e ajuda a encantar os clientes. 

O uso de chatbots alinhado a uma estratégia de marketing conversacional visa criar relacionamentos com o consumidor, construído por meio de conversas, que tornam a experiência de compra mais simples e fácil possível. 

Banner do whatsapp - banner

A prova de que essa união traz muitos benefícios tanto para as empresas quanto para os clientes, que ganham um canal de comunicação de fácil acesso com suas marcas favoritas, é que 53% dos consumidores são mais propensos a comprar com uma empresa para a qual podem enviar mensagens.

Neste post, vamos explicar com exemplos práticos como a sua empresa pode se beneficiar do uso de chatbots e marketing conversacional. 

Como funciona o marketing conversacional na prática? 

O marketing conversacional é uma estratégia de engajamento e conversão de leads por meio de conversas por mensagem. Ela prega que toda comunicação com cliente deve ser simples, prática e fácil. 

Imagem para ilustrar chatbots e marketing conversacional

Vamos deixar isso mais claro com um exemplo:

Você acaba de ter um bebê e percebe que não dá mais para ficar sem um plano de saúde, afinal com um recém-nascido, é sempre melhor apostar na segurança. Então, decide pesquisar na internet algumas opções de plano. 

Depois de analisar algumas opções e entender os benefícios que um plano de saúde vai trazer para sua família, você decide entrar em contato com uma corretora. Em busca de mais praticidade, você já entra no site dela e clica no botão de contratar, animado por resolver logo essa pendência. 

No entanto, você precisa preencher um formulário com todos os seus dados e aguardar um representante entrar em contato para fechar o negócio. Poxa! Você achou que ia conseguir resolver isso hoje.

Esse é só um exemplo de inúmeros casos que demonstram o quanto esta estratégia já está ultrapassada, porque ela não é nada otimizada para a experiência do usuário. E como sabemos, 7 em cada 10 consumidores dizem que pagariam mais caro para fazer negócios com uma empresa que oferece um ótimo serviço de atendimento ao cliente.

Imagem para ilustrar chatbots e marketing conversacional

O marketing conversacional é uma metodologia que visa diminuir o processo de vendas, permitindo que os clientes entrem em contato direto com a empresa por meio de aplicativos de mensagem

Esse atendimento mais conversacional transforma cada interação do cliente em um diálogo simples e contínuo, construindo um relacionamento profundo a cada contato. E essa é uma tendência para qual o mercado já pode se preparar, de acordo com a pesquisa CX Trends 2022, mais de 70% dos consumidores desejam ter experiências conversacionais

Como usar chatbots para marketing conversacional? 

Os chatbots automatizam a comunicação e garantem respostas instantâneas, além de um atendimento 24×7. Ao unir um chatbot a sua estratégia de marketing conversacional, a sua empresa consegue interagir com clientes de forma mais rápida, o que garante um maior engajamento, 

Imagem para ilustrar chatbots e marketing conversacional

Trouxemos exemplos comprovados de como usar chatbots para marketing de conversação. 

Automatize parte do processo de marketing

No marketing existem muitas etapas e processos diferentes a fazer para transmitir a mensagem aos clientes. Os chatbots podem ajudar a tornar toda essa estratégia mais fácil e simplificada ao automatizar alguns processos, principalmente aqueles nos estágios iniciais. 

A Casas Bahia desenvolveu uma solução conversacional para divulgar suas promoções de Black Friday. O contato interativo foi realizado por meio do assistente virtual, batizado de Bahianinho, no qual ele sugeria ofertas personalizadas e automatizadas via Facebook Messenger.

A campanha movimentou mais de 2 milhões de mensagens e engajou mais de 58 mil pessoas. Os clientes também curtiram trocar mensagens com o contato inteligente: para cada 10 consumidores que acionaram o chatbot, em média 7 engajaram na conversa

Leia também: Como vender mais usando chatbots

Qualifique automaticamente seus leads

Imagem para ilustrar chatbots e marketing conversacional

O sucesso da ação de marketing da Black Friday foi tamanho, que no ano seguinte, a varejista promoveu um leilão de menor lance único. A dinâmica contava com o Bahianinho para informar sobre produtos e captar informações sobre os lances

Toda a qualificação dos leads era realizada de forma automatizada pelo chatbot. Ao todo a ação movimentou mais 36 milhões de mensagens. Das vendas feitas durante a ação, 35% foram de clientes realizando sua primeira compra nas Casas Bahia.

Os chatbots são uma ótima ferramenta para potencializar as vendas em redes sociais e aplicativos de mensagem. Esse fenômeno já é tão grande, que é conhecido como comércio conversacional, ou seja, a venda por meio de conversas.

Muitas empresas ainda não exploram essa estratégia, ficando dependente apenas dos representantes para qualificar leads. No entanto, o uso de chatbots e marketing conversacional tem se mostrado uma ótima ferramenta para qualificar leads automaticamente.

Leia também: Panorama de canais de mensagem – esteja onde seus clientes estão

Aumente o volume de conversas

Imagem para ilustrar chatbots e marketing conversacional

O foco do marketing de conversação é sempre gerar conversas sobre a sua marca. Neste contexto, empresas que têm uma boa comunicação com o cliente alcançam maior sucesso com estratégias de marketing digital, em comparação com outras.

E os chatbots conseguem automatizar grande parte deste processo. Isso porque, o bot consegue aumentar a capacidade operacional e fechar mais vendas.

Um grande exemplo é a Bemol, varejista de Manaus, que tinha o desafio de escalar as suas campanhas de marketing e aumentar o engajamento dos seus clientes. 

Diante do cenário global de digitalização e tendo o WhatsApp como ferramenta disponível, mas pouco explorada, traçou um plano para acionar o público ativamente por meio do canal. 

Imagem para ilustrar chatbots e marketing conversacional

A campanha teve como base a Black Friday de 2021. A empresa disparou por meio do bot mais de 300 mil mensagens ativas no WhatsApp na semana antes do evento, perguntando se os clientes gostariam de receber descontos da BF em primeira mão.

O resultado gerou uma repercussão positiva até nas redes sociais e alcançou um engajamento de 48%. Além disso, a quantidade de mensagens enviadas pelo bot foi 3x maior em relação ao disparo manual. 

Leia também: Black Friday Omnichannel: venda mais durante o evento

Personalize a experiência dos seus clientes

71% dos clientes preferem anúncios personalizados. Quando sua empresa aposta na personalização da jornada de compra, ela garante experiências mais encantadoras para os usuários e uma conversão maior. 

Um chatbot ajuda a personalizar as experiências e a garantir ofertas e descontos relevantes aos clientes. A Cidadania4U criou um contato inteligente, o Cid, para atender e personalizar o relacionamento com clientes no WhatsApp. 

Imagem para ilustrar chatbots e marketing conversacional

A empresa auxilia brasileiros a conquistarem a cidadania italiana ou portuguesa. Esse processo costuma gerar bastante dúvidas e é aí que o Cid entra em ação.

O bot responde as todas as perguntas dos usuários, explica quem tem direito ou não a cidadania com base no histórico de cada pessoa, envia orçamentos personalizados e agenda reuniões com os representantes. 

Esse contato personalizado e automatizado permite que a empresa responda aos clientes mais rapidamente. Isso porque, o Cid entrega orçamentos personalizados e automatizados em até 2 minutos.

A estratégia funciona tão bem que o NPS da empresa é de 81% e a taxa de conversão do chatbot é 37% maior do que a do site. 

Ao longo deste artigo vimos o quanto chatbots e marketing conversacional têm um impacto positivo em toda jornada de compra e experiência do usuário.

A automação ajuda a dar um grande impulso em estratégias de marketing ao permitir a personalização das mensagens, o disparo em massa e a qualificação de leads. Portanto, é evidente o valor que essa união pode trazer para os negócios e para expansão das operações. 

Imagem para ilustrar chatbots e marketing conversacional

Gostou dessa estratégia e quer saber como a sua empresa pode se beneficiar do uso de um chatbot? Converse com os nossos especialistas e saiba como a sua marca pode ir mais longe por meio de um assistente virtual.

imagem falecomumespecialista - Chatbots e marketing conversacional: como funciona?
Take Blip

Take Blip

Take Blip acredita no poder das conversas para mudar o mundo! Oferecemos soluções conversacionais e somos parceiros de grandes empresas. Trabalhamos unindo o melhor em tecnologia e conhecimento humano, sempre absorvendo, antecipando e criando tendências. 🚀

Receba conteúdos como este em seu e-mail!

Sumário

Escolhas do Editor

Os mais lidos da Categoria

ebook gratuito