Cada vez mais empresas se dizem AI-First e investem em Inteligência Artificial. Mas o que está por trás deste conceito?

De fato, a Inteligência Artificial desperta um imaginário futurista em muitas pessoas. Mas esse é um conceito já muito presente em nossas vidas.

Por exemplo, muitas empresas já investem pesado para ter a IA como ponto central de seus negócios, mostrando que essa tecnologia está muito mais próxima do que imaginamos.

Portanto, podemos esperar um futuro onde a tecnologia seja democratizada e amplamente utilizada por empresas e seus clientes, em diferentes funções.

[Banner] Como usar a inteligência artificial na sua estratégia de comunicação com o cliente_11

Mas o que torna uma empresa AI-First? O que fazer para se adaptar a essa tendência? Confira nas próximas linhas!

Conceito de AI-First

Imagem para ilustrar AI-First

Impossível discordar que a Inteligência Artificial chegou para ficar. Desde a comunicação com assistentes virtuais, que automatizam funções e criam lares inteligentes, até robôs de investimento, que conseguem fazer análises financeiras em segundos, a IA já é amplamente desenvolvida e utilizada por nós, humanos.

No entanto, o acesso a tecnologias avançadas era algo extremamente elitizado, sendo possível apenas para grandes empresas. Neste contexto, o que vivemos pode ser apenas a ponta de um iceberg, pois a Inteligência Artificial está próxima de nossas realidades.

Sendo assim, o conceito de AI-First parte da premissa de que as empresas e produtos sejam pensados a partir da Inteligência Artificial, sendo este o ponto central dos negócios.

Além disso, é um conceito que parte da democratização de toda essa tecnologia, possibilitando que empresas se desenvolvam em torno de Inteligência Artificial.

O resultado dessa evolução possibilita que empresas de vários portes possam contar com recursos de tecnologia e Inteligência Artificial para realizarem seus negócios.

Como funcionam as empresas AI-First?

Até aqui, entendemos que AI-First é a ampla utilização de tecnologias novas, como Inteligência Artificial, para empresas realizarem suas rotinas.

Na prática, empresas AI-First possuem algumas características, sendo elas:

  • Estruturas complexas compostas por diferentes camadas e que são conectadas. São empresas que realizam pesquisas e garantem que toda a equipe possa usar a IA. Logo, é necessário contar com pesquisadores dentro da empresa.
  • Além de preparar os funcionários, é necessário garantir os meios para incorporar a Inteligência Artificial. Ou seja, a AI-First é incorporada na empresa por meios como softwares internos, plataformas, projetos de open-source e serviços finais.
  • Os cargos mais técnicos não são responsáveis apenas pela criação e pesquisa de novas tecnologias, mas também lideram os processos internos de domínio e formação.
  • Como objetivo, as empresas AI-First maximizam experimentações que pesquisam a IA, explorando a velocidade de desenvolvimento e a escalabilidade das que são bem sucedidas.

Neste contexto, já existem empresas que entenderam a importância da inteligência artificial e já usam a tecnologia no dia a dia, como Google e Meta.

Google - empresa AI-First
Google: AI-First

Por exemplo, o grande buscador já usa Machine Learning e Deep Learning para melhorar a experiência dos usuários e oferecer buscas mais avançadas. O mesmo acontece com o Google Photos e o Drive, que ficam cada vez mais inteligentes e personalizados.

Outro bom exemplo são produtos como Google Home e Google Assistente, que com Inteligência Artificial podem entregar experiências cada vez mais personalizadas e acessíveis ao público em geral.

Além dos produtos Google, podemos citar caixas de som como Amazon Echo e Apple Home Pod, que oferecem Inteligência Artificial para usuários realizarem tarefas de suas rotinas. Isso sem falar em serviços de streaming, como Netflix, que usa IA para melhorar cada vez mais a experiência de seus usuários.

AI-First: por onde começar?

Agora que já conhecemos o conceito de AI-First e vimos alguns exemplos, você pode estar se perguntando: qual o primeiro passo rumo ao AI-First?

Banner do whatsapp - banner

Prepare a cultura interna para IA

Uma estratégia de negócios AI-First deve ser executada por pessoas que compreendam e vivam a Inteligência Artificial em suas rotinas. Logo, pode ser necessário fazer algumas mudanças internas e criar uma cultura organizacional voltada para AI-First.

Invista em talentos

Investir em talentos é um dos pilares mais importantes para garantir um negócio AI-First. Neste contexto, é importante lembrar que ainda vivemos a fase embrionária de uma era onde a Inteligência Artificial dominará.

Logo, é importante garantir que os talentos de sua empresa estejam preparados não só para trabalhar com IA, mas também para pensar em formas inovadoras constantemente.

Plano de implementação

Um plano de implementação de um projeto AI-First deve incluir a definição de objetivos, criação de um framework e considerações importantes. Por exemplo, o que é mais viável para sua empresa? Comprar tecnologias terceirizadas ou desenvolver os próprios recursos?

Dados e modelos

Imagem para ilustrar AI-first

O sucesso de uma boa estratégia de Inteligência Artificial depende de dados robustos e uma boa política de segurança.

Com isso, é importante identificar configurações de dados necessárias, bem como criar políticas de processamento de dados e definir parâmetros de qualidade.

Além disso, é importante entender o contexto da empresa, para então criar modelos de Machine Learning eficazes para as especificidades de cada projeto de IA.

Análise de resultados

Por fim, o sucesso de uma estratégia AI-First garante que o modelo de negócio gere benefícios  a longo prazo. Mas esses resultados não podem demorar muito, o que comprometeria o ritmo do negócio.

Neste caso, busque sempre analisar os dados de sua estratégia e dos modelos de IA aplicados pela empresa.

Bom, até aqui, entendemos que um projeto AI-First é um projeto de melhoria contínua. Logo, não importa quanto valor as iniciativas de AI oferecem e quantos problemas resolvem, sempre haverá espaço para melhorias.

Ao educar todas as partes interessadas e inspirá-las a pensar em maneiras de resolver problemas comerciais usando a IA, sua organização será capaz de alavancar progressivamente a IA através de uma gama de processos e contextos, ganhando, em última instância, uma vantagem competitiva em todos os aspectos de suas atividades comerciais.

Prepare sua empresa para um mercado de inovações.Confira este ebook sobre a revolução tecnológica!

[CTA] Fale com Especialista_1
Take Blip

Take Blip

Take Blip acredita no poder das conversas para mudar o mundo! Oferecemos soluções conversacionais e somos parceiros de grandes empresas. Trabalhamos unindo o melhor em tecnologia e conhecimento humano, sempre absorvendo, antecipando e criando tendências. 🚀

Receba conteúdos como este em seu e-mail!

Sumário

Escolhas do Editor

Os mais lidos da Categoria

ebook gratuito