Para deixar a experiência de relato ainda mais pessoal, Érica Tresinari, Product Manager, contou um pouquinho sobre como é trabalhar em Take Blip. Confira:

Quando eu cheguei aqui, ainda éramos Take, vivíamos em alguns andares de um prédio no Prado, em Belo Horizonte, sendo pouco mais de 100 pessoas (ou melhor, Take.seres). Hoje, com quase 600 Take.seres, 4 escritórios e com o #GoGlobal mais forte do que nunca, você pode começar a se perguntar há quanto tempo eu estou aqui e faço parte desse time.

Antes de dar esta resposta, quero contar um pouco mais sobre como é trabalhar em Take Blip (Sim, também temos um novo nome!).

Onde nós estamos?

Nossos escritórios estão distribuídos entre Belo Horizonte e São Paulo, mas temos Take.seres de todas as regiões do país. Por estarmos dentro da rede do WeWork, temos acesso aos mais de 800 escritórios ao redor do mundo.

Então, além de desfrutarmos do alto padrão de infraestrutura, temos a flexibilidade de acessar locais de trabalho em qualquer lugar do globo. 

Além do espaço físico, também temos o nosso principal escritório de São Paulo dentro do Cubo Itaú, o maior hub de inovação da América Latina, o que nos proporciona inúmeras trocas de experiências.

Qual é a palavra de ordem em Take Blip?

Olhando um pouco mais para o passado, na história Take Blip, é fácil entender como inovação sempre foi o fator mais importante, tanto para os fundadores, como para todos que trabalham aqui. 

Começamos no meio do campus da UFMG, trabalhando com internet móvel, passamos pela onda de SMS e serviços de valor agregado, até chegarmos no desafios dos chatbots que, por fim, seriam o começo para o que hoje chamamos de Contatos Inteligentes. Levamos a inovação em nosso DNA, tendo as mensagens como propósito.

No dia a dia, a inovação é sentida através da liberdade que temos para criar projetos, sejam para melhorias internas, como para proposta de destaque para o mercado. Temos abertura junto a liderança e total acesso a diretoria para compartilhar, co-criar e principalmente, para nos direcionar. 

No meu tempo em Take Blip, pude participar do desenho de novas áreas, novos cargos, novos produtos, evoluções da plataforma e ainda tive apoio técnico e estratégico de muitos de nossos parceiros, em especial do segmento tech, como Apple, Google, Facebook, Microsoft, entre outros.

Como nos organizamos?

Todo esse processo de inovação e liberdade criativa que temos não é exclusividade de apenas uma área, todos temos o mesmo incentivo mesmo com as mudanças constantes em nosso organograma, devido ao crescimento do número de Take.seres. 

Não arrisco a nomear todas as áreas aqui pois, como sempre gostamos em falar, nada deve ser escrito a “caneta” em Take Blip, mas em um agrupamento mais simples temos os times de Plataforma, Customer Success, Planejamento & Controladoria, Gente & Gestão, Operações, Data & Analytics, Marketing, Comercial, Alianças & Parcerias, entre muitas outras. 

Quando recebemos alguém em Take Blip fazemos questão de que esta pessoa conheça um pouco de cada área durante o processo de onboarding, afinal levamos muito a sério o conceito de que estamos todos no mesmo barco, precisamos nos conhecer e nos apoiar.

E, mesmo se não for possível conhecer a todos (o que é cada vez mais comum já que somos mais de 500), ainda mantemos a ideia de que todo mundo tem os 5 minutinhos para o outro e, para esse tempo de atenção, não existe cargo ou hierarquia quando trabalhamos em Take Blip.

E, como não poderia faltar, também temos os nossos próprios Contatos Inteligentes internos que nos ajudam no dia-a-dia, em especial, em atividades mais operacionais.

Tá, mas e os benefícios de trabalhar em Take Blip?

Além do dia a dia, das relações pessoais e nosso espaço físico, também quero compartilhar sobre nossos benefícios.

Trabalhar em Take Blip te oferece os benefícios de Vale-refeição/alimentação (inclusive nas férias), Vale-transporte alinhado com a necessidade de cada Take.ser, Vale-cultura, Plano de Saúde, Plano Odontológico, Seguro de Vida, mas o que vale a nossa atenção são realmente os detalhes. 

Aqui, não temos dress code, trabalhamos com horários flexíveis (de verdade) e com a política de banco de horas, possibilitando assim o que vejo como maior benefício quando penso como é trabalhar em Take Blip, o equilíbrio entre a vida pessoal e profissional.

Além disso, temos inúmeras outras atividades, temos  grupos de futebol, de e-sports, de meetups, de treinamento de lideranças, iniciativas de apoio à saúde mental, comitês de diversidades e outras atividades que vamos criando em parceria com o time de G&G.

Antes de eu encerrar este texto e te contar há quanto tempo estou em Take Blip, vamos para uma rápida sessão sobre nossas conquistas de 2020.

Atualmente somos as 11ª melhor empresa para trabalhar no Brasil, segundo o ranking Great Place to Work (subimos 11 posições em relação a 2019), fomos nomeados como uma das empresas mais inovadoras do Brasil, de acordo com a lista criada pela Forbes e, como um marco em nossa história, recebemos este ano um aporte Series A de USD 100 milhões do fundo americano Warburg Pincus. 

Qual a minha conclusão de como é trabalhar em Take Blip?

Sem mais delongas, depois de tudo o que contei sobre como é trabalhar em Take Blip, você pode pensar que para eu ter presenciado todas as mudanças que relatei e ter criado este laço tão forte, que foi uma construção de muitos anos.

Por mais que eu seja considerada da “velha guarda” de Take.Seres, faz apenas pouco mais de 2 anos que entrei e descobri sobre os 6 valores que guiam e definem tanto o meu dia a dia por aqui.

Ficou ainda mais curioso sobre como é ser um Take.Ser? Estamos com vagas abertas!

 

Disclaimer: todos os comentários referentes ao ambiente físico de trabalho são de referência ao período anterior às medidas de segurança contra a Covid-19. Atualmente todos os Take.Seres estão em trabalho remoto com assistências médicas e de ferramentas de trabalho, sem nenhum corte em benefícios.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *