Consultórios médicos, clínicas e laboratórios podem utilizar o WhatsApp para otimizar rotinas e fidelizar clientes. Leia o artigo e descubra a melhor forma de utilizar o WhatsApp na saúde.

Utilizar o WhatsApp na esfera profissional não é mais uma dúvida, mas quase um requisito básico nos dias de hoje.

O aplicativo de mensagem já é utilizado por mais de 1,5 bilhão de pessoas em todo o mundo, e estima-se que aproximadamente 120 milhões desses usuários sejam brasileiros.

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.

Profissionais da saúde, consultórios, clínicas e laboratórios que desejem tornar a sua rotina mais fácil e eficiente encontram nesse aplicativo uma ótima solução.

Estima-se que 93% dos usuários do WhatsApp acessam o app pelo menos uma vez ao dia e que 70% deles estão dispostos a fazer negócios por esse canal. Isso faz dele uma ferramenta de divulgação e vendas cada vez mais essencial para qualquer negócio, independente do seu ramo de atuação.

Criamos um guia e você pode navegar entre os tópicos clicando abaixo: 👇

Neste artigo, explicaremos como utilizar o WhatsApp na saúde de forma assertiva e mostraremos as principais vantagens do app para clínicas, consultórios, laboratórios e outras empresas do ramo.

Mas antes, por que utilizar o WhatsApp na saúde?

Na última década, o WhatsApp invadiu a rotina das pessoas. Como vimos anteriormente, estima-se que mais da metade dos brasileiros utilizam o app para trocar mensagens, trabalhar e, claro, fazer negócios também.

É importante que sua empresa esteja no WhatsApp, porque é nessa rede em que seus clientes estão diariamente, usufruindo da agilidade e praticidade de resolver praticamente tudo com algumas mensagens, sem sair do aplicativo.

Portanto, as empresas, como as da área da saúde por exemplo, precisam encontrar formas inteligentes e eficazes de usar essa ferramenta para atingir seus clientes.

A boa notícia é que o próprio WhatsApp enxerga essa necessidade e desenvolve constantemente novas funcionalidades para que empresas tenham mais recursos à sua disposição dentro da ferramenta.

É o caso do WhatsApp Business e do WhatsApp Business API, duas aplicações pensadas para otimizar a experiência de empresas e de usuários no app, disponibilizando recursos como respostas automáticas, verificação de contas, métricas, integração com outros sistemas e muito mais.

Como utilizar o WhatsApp na saúde de forma assertiva?

Está gostando do conteúdo?
Que tal se aprofundar ainda mais!



Profissionais da saúde podem utilizar o aplicativo de mensagens tanto para otimizar as tarefas do dia a dia quanto para oferecer um atendimento mais eficiente e ágil para seus pacientes. Entenda como o WhatsApp pode ser utilizado de forma mais assertiva na saúde:

Invista em um atendimento memorável

O atendimento próximo e personalizado é um importante fator de retenção e satisfação de clientes com a sua marca.

Por isso, use e abuse dos recursos que o WhatsApp oferece para desenvolver um atendimento rápido, atencioso e eficiente para seus clientes.

Além de conversar diretamente com as pessoas, utilizar o WhatsApp na saúde permite ainda que você e seu público realizem com poucos cliques:

Ofereça suporte aos seus clientes

Utilizar o WhatsApp como um canal no qual os pacientes conseguem tirar dúvidas e ter suporte de forma ágil e eficaz será um diferencial para você e seu negócio.

Caso a demanda seja muito grande, uma ótima saída para não sobrecarregar colaboradores nessa tarefa é apostar na automatização do atendimento.

Assim, parte do atendimento, geralmente a parte mais simples, é conduzida por um software de forma automática e inteligente, enquanto as questões mais complexas são redirecionadas para que um atendente humano resolva.

E o melhor, sem que o cliente necessariamente perceba essa troca no atendimento.

Use as notificações a seu favor

As notificações têm um ótimo efeito sobre os usuários, pois é a partir dela que nasce a primeira impressão sobre o contato. Por isso, aposte em chamadas objetivas e textos inteligentes para despertar o interesse do seu público.

Assim, você conseguirá chamar a atenção das pessoas e a chance delas prestarem abrirem e interagirem com seu conteúdo é muito maior.

Peça autorização antes de enviar mensagens não solicitadas

É importante frisar que, quando falamos sobre oferecer um atendimento próximo e atencioso, não significa encher o WhatsApp dos pacientes com mensagens não solicitadas.

Nós sabemos o quão importante é manter seus pacientes informados sobre os novos serviços, reajustes de preços, alterações na rotina de atendimentos, entre outras coisas. Mas o próprio aplicativo frisa a necessidade de os usuários estarem de acordo com o recebimento de mensagens enviadas por empresas.

Por isso, antes de enviar uma mensagem oferecendo algum novo serviço à sua lista de pacientes, por exemplo, lembre-se de pedir autorização a cada um deles.

Invista em chatbots

Lembra que falamos sobre a automatização do atendimento? Pois bem, o chatbot é uma solução que tem se tornado cada vez mais popular e funciona muito bem para o WhatsApp na saúde.

Ao vincular sua conta a um bot, o software será capaz de oferecer um atendimento automatizado e inteligente aos seus pacientes.

Além de desafogar sua equipe de atendimento, ele também consegue prestar suporte e tirar dúvidas a qualquer dia e horário, resultando em uma assistência contínua a seus clientes e maior satisfação por parte deles. 

Atenção às políticas do WhatsApp

Apesar do WhatsApp ser uma ótima solução para profissionais da área da saúde, é preciso ficar atento às políticas do aplicativo e o que ele não permite que esses profissionais façam ao utilizar o app para fins de trabalho.

Segundo o app, “as empresas não podem vender nem promover a venda de drogas ilegais, recreativas ou sujeitas a prescrição médica”. O mesmo vale para farmácias e outras empresas da indústria farmacêutica.

Portanto, é proibido que profissionais da saúde vendam remédios ou outros produtos médicos na plataforma, como lentes de contato, curativos e proteções contra lesões físicas, termômetros, kits para exames médicos ou doenças, bombas de tirar leite materno e kits de primeiros socorros.

É importante frisar que, no que tange ao uso do WhatsApp na saúde, é permitida a venda de serviços, mas não a de produtos.

Descubra como utilizar o WhatsApp mudou a experiência da Hermes Pardini

O Grupo Hermes Pardini, referência em laboratórios de medicina diagnóstica e preventiva em Minas Gerais e São Paulo, junto à Take Blip, investiu em soluções via WhatsApp para otimizar a comunicação e fazer presença em um canal popular entre seus clientes.

Seu principal desafio era lidar com um alto número de atendimentos diários seguindo sua diretriz de excelência no atendimento.

Com a automatização do contato, o Grupo passou a realizar agendamentos, cancelamentos e entrega de resultados de exames com muito mais rapidez e eficiência pelo aplicativo de mensagens.

Tudo isso mesclando o atendimento inteligente do chatbot com a atuação dos atendentes humanos, que passaram a conseguir atender cerca de 8 clientes ao mesmo tempo.

O resultado? O canal oficial Hermes Pardini no WhatsApp foi muito bem aceito entre os pacientes, e o Grupo teve mais de 2 milhões de mensagens trocadas com seus mais de 40 mil clientes atendidos.

A eficiência operacional da equipe de atendentes aumentou em 30%, ultrapassando a marca de 50 mil atendimentos humanos via Blip Desk.

Viu só como o WhatsApp pode ser utilizado na saúde de forma assertiva e de modo a aproximar e fidelizar clientes? Comece a colocar nossas dicas em prática hoje mesmo, otimize sua rotina e surpreenda seus clientes com um atendimento profissional e diferenciado.

Gostou de conferir um pouco mais das possibilidades do WhatsApp na Saúde? Continue no blog e confira: Quais são as reais vantagens do WhatsApp Business?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *